ESCOLA VENCEDORA DO PVE USARÁ RECURSOS PARA MANTER PROJETO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL

A Escola Municipal Noel de Carvalho foi uma das grandes vencedoras do projeto PVE (Parceria pela Valorização da Educação) 2019 em âmbito nacional. O resultado foi divulgado na terça-feira, dia 11, em São Paulo, com Resende se destacando na categoria “Jovens Mobilizadores”. Com isso, a escola receberá R$ 1 mil e os vencedores já decidiram como usar a verba: vão manter os projetos em vigor. 

As iniciativas premiadas se deram através de uma “Gincana Solidária”, que envolveu a comunidade escolar e os bairros próximos em atividades de doação de sangue para o hemonúcleo municipal e de arrecadação de alimentos para famílias carentes. Da mesma forma, os alunos participantes mobilizaram familiares e amigos para ajudar nas tarefas, criando uma grande “rede do bem”. A diretora-geral da unidade, Rossilene Albuquerque Campos Amado, afirmou que todos estão muito orgulhosos com a conquista.

– A escola recebeu com muita alegria e satisfação a noticia da premiação, pois vive em função de atender as necessidades dos alunos que nela estudam e esta premiação nos trouxe a sensação do dever cumprido  e de que estamos no caminho certo incentivando o protagonismo estudantil – disse.

Da mesma forma, a diretora destacou que a “Gincana Solidária” se manterá ativa com o dinheiro recebido com a premiação. “Com o dinheiro da premiação vamos reunir os alunos e traçar metas e ações a serem desenvolvidas afim de dar continuidade ao trabalho iniciado”, apontou Rossilene Albuquerque.

A direção da escola vencedora contou ainda como surgiu a ideia de participar do projeto. “Faz parte do calendário de atividades da escola a promoção de atividades voltadas ao incentivo e motivação dos alunos e este projeto foi um deles. Houve a participação de todos os aluno do 6º ao 9º ano que estudam no turno da manhã, houve mobilização e acompanhamento dos professores na elaboração das tarefas a serem executadas. Principalmente, houve o envolvimento maciço dos alunos que foram divididos em equipes para uma Gincana e a equipe vencedora na escola teve o projeto inscrito para participar do PVE”.

Destaque pelo segundo ano

Resende se destacou no PVE pelo segundo ano consecutivo. Em 2018, o Ciep 342 – Geraldo da Cunha Rodrigues, localizado no bairro São Caetano, ficou em primeiro lugar no ranking do programa  entre os municípios acima de 21 mil habitantes. Na ocasião, a Prefeitura de Resende recebeu o prêmio “Escola Destaque Nacional na Prática de Acompanhamento de Aprendizagem”, a partir do trabalho feito na unidade.

O projeto

O programa PVE tem como objetivo contribuir para a melhoria da educação pública nos municípios onde há operações da Votorantim, atuando em parceria com as prefeituras e secretarias municipais de Educação. A iniciativa, certificada como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil, tem acumulado resultados positivos, com impacto, também, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Um estudo comparativo entre os municípios com o PVE e um grupo-controle, realizado de 2007 a 2013, indicou avanço de 30% de evolução do índice nos municípios que aplicaram a metodologia do programa em relação aos demais. Em 2016, o estudo indicou um avanço ainda maior: a evolução do Ideb nos municípios do programa foi de 38% no Ensino Fundamental I (1° ao 5° ano) e de 45% no Ensino Fundamental II (6° ao 9° ano).

Em 2018, ano do centenário da Votorantim, o intuito de atingir 100 municípios com o PVE foi alcançado, havendo 105 municípios brasileiros com o programa vigente. Para isso, além da modalidade individual da iniciativa, em 2017, a atuação também ocorre por meio de polos. Nesta modalidade, a atuação é feita de maneira conjunta em dois a quatro municípios, estimulando a troca de experiências e cooperação entre eles.

Além disso, as empresas investidas da Votorantim estão trabalhando com a mobilização dos funcionários em atividades de voluntariado e mobilização social. Ao todo, um contingente de mais de 40 mil pessoas, com múltiplos conhecimentos e habilidades, soma forças ao PVE e aumenta o poder de transformar a educação nos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *